Logo

Em quais condições o Rolfing pode ajudar?

O Rolfing melhora: O Rofing diminui:
  • - a postura
  • - a capacidade de movimento
  • - a coordenação e o equilíbrio
  • - o desempenho atlético
  • - a vitalidade
  • - a respiração
  • - o volume da voz
  • - a autoestima
  • - o estresse
  • - a dor crônica
  • - o período de reabilitação
  • - a frequência nos machucados
  • - as limitações de movimento
  • - as cólicas menstruais
  • - a osteoartrite
  • - as cicatrizes

O Rolfing também é utilizado para aliviar: dores de pescoço, ombros, costas, torcicolo, dor no nervo ciático, dores de cabeça e enxaquecas resultante de problemas musculares, tendinite, epicondilite lateral (cotovelo de tenista), disfunção da articulação temporo-mandibular (ATM) e dores faciais e síndrome do túnel do carpo.

Quem pode se beneficiar?

Como age o Rolfing?

O que ele proporciona?

Quantas sessões são necessárias?

Quanto tempo até aparecerem os primeiros resultados?

Os resultados são duradouros?

Quanto custa?

Você aceita planos de saúde?